O que acontece na comunidade judaica de Santa Catarina passa por aqui. Ações, projetos, celebrações, cultura, espiritualidade e muito mais!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Após décadas, nazistas seguem na mira da justiça


Um tribunal de Budapeste, na Hungria, absolveu na última segunda-feira o nazista húngaro Sandor Kepiro, 97 anos. Ele é suspeito de cumplicidade na execução de mais de 30 sérvios e judeus na Sérvia, em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1944, Sandor Kepiro foi condenado a dez anos de prisão por um tribunal militar, mas as autoridades da época anularam a decisão. Em 1946, um tribunal do regime comunista o condenou à revelia a 14 anos de prisão. Contudo, ele jamais pagou pena alguma por ter fugido para a Argentina e permanecido no país sul-americano até 1996. Kepiro era considerado o fugitivo nazista mais procurado pelo Centro Simon Wiesenthal, organização internacional de direitos humanos, que busca os responsáveis pelo Holocausto. Kepiro é o mais recente caso de oficiais nazistas que foram a julgamento nos últimos anos. Outros suspeitos de envolvimento no Holocausto continuam sendo procurados, mas não se sabe se morreram ou se adotaram novas identidades (Noticias Terra).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Gostamos muito de sua visita. Obrigado pela sua mensagem!