O que acontece na comunidade judaica de Santa Catarina passa por aqui. Ações, projetos, celebrações, cultura, espiritualidade e muito mais!

segunda-feira, 13 de março de 2017

Judaísmo: alma, corpo e mente.

Judaísmo: alma, corpo e mente

A identidade judaica apresenta múltiplas facetas, mas ela é construída sobre três pilares: é necessário sentir, é necessário saber, é necessário agir. Estes três aspectos estão sintetizados na prática milenar de colocar os tefilim.
Sentir significa exercitar a empatia, colocar-se no lugar do outro, ouvir a intuição. Ter uma alma e colocar o coração em cada gesto, em cada ato, para tornar o mundo melhor.
Mas não basta sentir, emocionar-se: é importante entender, conhecer, saber o como e o porquê. Ao redor do mundo, judeus reúnem-se regularmente para exercitar sua capacidade de questionar, colocar em dúvida respostas e paradigmas. É o universo da mente.
Tudo isso se reflete na prática que coloca o corpo em movimento, a ação transformadora que age sobre a matéria.  Teoria e prática se unem para criar novas formas. É o mundo da matéria é o mundo do corpo.
Neste mini-curso, você conhecerá e aprofundará estes três aspectos que fazem, de você, tão humano: nossa identidade universal. Inscreva-se, participe, ajude a divulgar!
Módulo I: ALMA (sempre às 20h00, na AIC)
16 de março: Arquetipos do Tarô e o processo de individuação de Jung, com Rosanne Sabbag 
O que será abordadoTarô é mesmo um anagrama com a palavra Torá? Qual a relação entre as 22 letras hebraicas e as 22 imagens arcanas do Tarô? Mitos e significados serão trazidos à tona sob a luz da psicologia analítica de Carl Gustav Jung.
Sobre Rosanne Sabag: Rosanne é psicóloga paranaense, membro analista da Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica-SBPA-SP, da International Association for Analytical Psychology-IAAP e diretora do Núcleo Junguiano de Florianópolis-NJF.

21 de março: Freud, a psicanálise e o judaísmo, com Hugo Rosenthal 
O que será abordado: Quais os elementos do judaísmo na teoria freudiana e qual sua influência no desenvolvimento da psicanálise? Serão examinados aspectos da relação entre a psicanálise e o judaísmo, sem cair na tentação, como aponta a psicanalista Betty Fuks, de “psicanalizar o judaísmo nem tampouco judaizar a psicanálise”. Freud, apesar de crítico das religiões, nunca negou a grande influência que sua educação judaica teve sobre o seu pensamento e esta dualidade será abordada na palestra.

Sobre Hugo Rosenthal: Formado pela USP, Hugo Rosenhtal é mestre em Mídia e Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina e Sócio-Diretor da Complex Tecnologia Educacional.
Psicanalista formado pela Escola Brasileira de Psicanálise, seção Santa Catarina.
28 de março: Histórias que inspiram, atitudes que transformam. 
Com Dalila Ayala
O que será abordado: Como é possível superar grandes desafios e enfrentar situações que parecem intransponíveis? Uma das questões básicas que ainda angustiam o ser humano resume-se na frase "porque coisas ruins acontecem a pessoas boas". Nesta palestra, serão abordados os exemplos de atletas que conseguiram enfrentar limitações: como pensam e quais as ferramentas que utilizaram para desenvolver um senso de realização. 
Sobre Dalila Ayala: Psicóloga foramada pela  Universidade Estadual Paulista e com graduação em Educação Física pelo Instituto Educacional de Assis, Dalilia especializou-se  em Psicologia do Esporte pela FMU e em  Fisiologia, Bioquímica e Nutrição do Treinamento Esportivo na UNICAMP .  Foi psicóloga do Comitê Paraolímpico Brasileiro e é pós-graduada pela Fundação Getúlio Vargas.
Divulgue. compartilhe! Ficou bem em cima para fazer a propaganda, precisamos de sua ajuda!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Gostamos muito de sua visita. Obrigado pela sua mensagem!